Início arrow Noticias arrow Tesco investe e cria mais emprego em Famalicão
Tesco investe e cria mais emprego em Famalicão PDF Imprimir E-mail

São mais 3,8 milhões de euros de investimento empresarial no concelho de Vila Nova de Famalicão.

in Famalicão Made In, 06-04-2017

A japonesa Tesco, especializada na produção de peças de alumínio fundido por alta pressão para motores de automóveis, vai avançar com uma nova fase de crescimento através do reforço da capacidade produtiva instalada. Em causa está a construção de um pavilhão industrial, junto às instalações da empresa, em Ribeirão, e a aquisição de novos equipamentos para a produção de tampas de compressores de ar condicionado para veículos elétricos.

Este novo projeto de investimento vai permitir criar 50 novos postos de trabalho (atualmente a empresa conta com um efetivo de 330 colaboradores). Precisamente, os reflexos positivos ao nível do emprego é algo que Paulo Cunha, Presidente da Câmara Municipal, enaltece, considerando tratar-se de “uma boa notícia para o concelho” esta nova iniciativa empresarial.

“A Tesco é mais um bom exemplo da vocação exportadora e da atratividade de Vila Nova de Famalicão para o investimento estrangeiro, município que é notado por acolher várias empresas de dimensão mundial”, acrescenta.

Com uma estrutura acionista 100 por cento japonesa e presente em Portugal desde 1993, a Tesco escolheu o concelho famalicense para crescer quando em 2008 se fixou em Ribeirão em instalações construídas de raiz.

A Tesco de Famalicão é a única base de produção na Europa. Exporta tudo o que produz (cerca de 4.800 toneladas de componentes de alumínio, anualmente). Com mão-de-obra altamente especializada e tecnologia de última geração, produz peças que vão desde os sete gramas até aos seis quilos. Foi já reconhecida pela sua performance na área da qualidade.

Nos últimos cinco anos, praticamente duplicou a faturação – de 13,5 milhões de euros em 2011 para cerca de 26 milhões de euros em 2016.

No âmbito desta iniciativa empresarial, a Tesco foi contemplada com incentivos fiscais ao abrigo do Regulamento de Projetos de Investimento de Interesse Municipal – Made 2IN. A proposta de projeto e respetivo apoio financeiro ao investimento foi aprovada por unanimidade na segunda-feira passada, 30 de março, pelo executivo municipal.