Início arrow Noticias arrow Autoeuropa integra 650 trabalhadores a partir de sábado
Autoeuropa integra 650 trabalhadores a partir de sábado Imprimir E-mail

A produção em linha do novo SUV da Volkswagen na Autoeuropa, T-ROC, faz com que a partir deste sábado sejam integrados 650 novos operadores de produção, num total de 1500 trabalhadores que a fábrica de Palmela pretende contratar até ao fim do ano, reforçando o corpo laboral que conta atualmente com 3571 colaboradores.

in Jornal de Notícias, por Rogério Matos, 31-03-2017

De acordo com fonte oficial da unidade de produção automóvel, "o segundo turno entrará em laboração no início do mês de abril e integrará 650 novos colaboradores, selecionados durante a primeira fase do processo de recrutamento. Importa referir que foram rececionadas cerca de dez mil candidaturas, originadas apenas pela campanha de comunicação interna".

Até fevereiro do corrente ano, a Volkswagen Autoeuropa aumentou o seu volume de produção em 5,4 por cento face a igual período em 2016 e garante a sustentabilidade do crescimento até ao final de 2017, com a finalidade de ultrapassar o volume de carros produzidos em 2016, que ultrapassou os 85 mil.

A mesma fonte refere que todos os novos colaboradores frequentam um programa de acolhimento e formação em processos de fabrico, que inclui o dia de acolhimento, formação no Lean Center e segurança industrial e formação específica no posto de trabalho. No total, este programa tem a duração de três semanas e visa a integração dos novos colegas, fornecendo toda a informação essencial e desenvolvendo competências necessárias para melhor desempenharem o seu futuro posto de trabalho. A cada trabalhador é oferecido um contrato Volkswagen com todas as regalias em vigor na empresa para a sua categoria profissional.

A segunda fase do processo de recrutamento terá como objetivo organizar o terceiro turno de produção, a implementar durante o segundo semestre. No final do ano ocorrerá a etapa final do processo de recrutamento, como preparação para a introdução do sexto dia de produção semanal a implementar no primeiro trimestre de 2018.

Estas contratações seguem o ritmo da diminuição do número de desempregados de Setúbal e Palmela com inscrição no centro de emprego entre janeiro e fevereiro. Nas estatísticas lançadas pelo IEFP no seu website verifica-se que o concelho de Setúbal possuía no final de janeiro 5 968 desempregados inscritos no centro de emprego, enquanto em fevereiro eram 5 893, ao passo que Palmela tinha 2 316 desempregados oficiais em fevereiro, enquanto no mês anterior tinha 2 441.