Início arrow Noticias arrow CIP reprova declarações do Presidente do Eurogrupo
CIP reprova declarações do Presidente do Eurogrupo PDF Imprimir E-mail

A CIP – Confederação Empresarial de Portugal considera as declarações do holandês Jeroen Dijsselbloem ofensivas e pede o seu afastamento da presidência do Eurogrupo.

in CIP, 22-03-2017

António Saraiva, Presidente da CIP – Confederação Empresarial de Portugal, considera que as declarações do Presidente do Eurogrupo, o holandês Jeroen Dijsselbloem, demonstram a total falta de sensibilidade e ausência de preparação de alguns dirigentes que ocupam cargos na tecnocracia europeia e que tanto têm prejudicado a economia e o esforço dos empresários dos países do sul da Europa, em particular os portugueses.

Este episódio evidencia a urgência da mudança de atitude dos dirigentes europeus e das políticas financeiras e económicas da União Europeia. Desta forma poderemos reforçar e renovar o empenho de todos os países em prol do projeto europeu, contrariando o desencanto e afastamento dos povos em relação ao Governo da Europa.

A CIP, em nome das empresas, dos empreendedores e de todos os portugueses, pede que as políticas europeias caminhem no sentido de consolidar um espaço político e económico de crescimento e de coesão, exigindo para isso a escolha de políticos equilibrados, com uma visão de mundo e atual, fora dos preconceitos e discriminação, pensamento contrário aos princípios fundamentais do projeto europeu e que tanto prejudicam a União.