Início arrow Notícias arrow Noticias arrow Breathe2Seat: projeto da TMG Automotive visa desenvolver pele artificial respirável para interior au
Breathe2Seat: projeto da TMG Automotive visa desenvolver pele artificial respirável para interior au PDF Imprimir E-mail

Com o apoio do COMPETE 2020, este projeto pretende apostar num novo produto, com caraterísticas ímpares, usando um material comum - o PVC, levando a um impacto económico e à sua diferenciação em relação aos seus pares.

in COMPETE 2020, por Cátia Silva Pinto, 09-03-2017

1. Síntese

O desafio do projeto Breathe2Seat é desenvolver pele artificial respirável para interior automóvel, com vista a melhorar o conforto do utilizador.

  • Elizabete Pinho, Diretora do departamento de I&D da TMG Automotive, esclarece que «a melhoria do conforto proporcionado pelos materiais utilizados no interior automóvel, mais especificamente, na zona dos assentos é um dos maiores enfoques das atuais empresas produtoras, logo, encontrar soluções inovadoras com propriedades de respirabilidade e gestão de humidade será uma mais-valia para a TMG Automotive e representará novas oportunidades de negócio.» Elizabete Pinho, destacou ainda que “as soluções atuais são pele natural ou pele artificial perfurada, o que limita a estética desta zona sentável dos estofos.» Conclui que «encontrar uma solução que faça a gestão do conforto para o passageiro passa não só pelo desenvolvimento do material, mas também pela definição de quais os métodos de ensaio que traduzem os requisitos da zona sentável.»

Assim, o projeto demonstrador Breathe2Seat visa a otimização e validação do ponto de vista tecnológico e industrial, com vista à utilização comercial, de sistemas de pele artificial de base PVC com propriedades melhoradas de respirabilidade e gestão de humidade, desenvolvidas nas atividades de I&D de um projeto anterior: PT21-Powered Textiles 21-PPS1: Autosolutions.

2. Descrição do projeto “Breathe2Seat - Pele artificial respirável para interior automóvel”

2.1 Enquadramento

Aliar funcionalidades a caraterísticas económicas e de fácil implementação é cada vez mais uma das prioridades de várias indústrias, como é exemplo a indústria automóvel. Esta prioridade é sempre tida em consideração, sendo muitas das vezes um fator de decisão para, por exemplo, a compra de um veículo. Deste modo, os fabricantes de componentes automóveis têm cada vez mais este fator em consideração, não só para responder a opções cada vez mais exigentes por parte do consumidor final, mas também para se valorizarem e diferenciarem.

Com o objetivo de se diferenciar e de promover a inovação nos produtos que produz e comercializa, a TMG Automotive tem vindo a desenvolver projetos de Investigação e Desenvolvimento (I&D) com empresas e centros tecnológicos, sendo exemplo o projeto mobilizador PT21 - Powered Textiles Século 21. No âmbito da WP3 - soluções respiráveis (conceito Artificial Like Leather) do PPS1 – Auto Solutions, a TMG Automotive em colaboração com o centro tecnológico de nanotecnologia e materiais funcionais e inteligentes, o CeNTI, desenvolveu soluções inovadoras que permitem melhorar o conforto que a pele artificial proporciona ao utilizador quando aplicado em estofos automóveis. Os resultados obtidos neste projeto foram positivos e bastante promissores, tendo por isso surgido o projeto demonstrador Breathe2Seat, que pretende otimizar e validar industrialmente as soluções tecnológicas desenvolvidas com sucesso nas atividades de I&D do anterior projeto mobilizador.

Quando se fala em conforto do utilizador automóvel fala-se de uma caraterística subjetiva e dependente de utilizador para utilizador. De uma forma geral, em termos de conforto num assento automóvel, são críticos para o utilizador, a capacidade de transferência da sudação e a tendência para a mesma migrar para uma zona mais afastada. Deste modo, o projeto demonstrador Breathe2Seat pretende colmatar algumas das limitações identificadas anteriormente em termos de respirabilidade e gestão de humidade de materiais de pele artificial de base PVC, conduzindo à otimização e validação das novas soluções do ponto de vista tecnológico e industrial para utilização comercial. A Empresa irá construir protótipos à escala semi-industrial por forma a divulgar e apresentar a solução aos construtores (OEMs) e desta forma estimular projetos diretos para implementação desta solução como substituto da pele natural.

Desta forma a TMG Automotive pretende apostar num novo produto, com caraterísticas ímpares, usando um material comum – o PVC, levando a um impacto económico e à sua diferenciação em relação aos seus pares.

2.2 Objetivos

Eis os principais objetivos tecnológicos do projeto Breathe2Seat:

  • Pesquisa e seleção de matérias-primas e materiais com caraterísticas adequadas à sua utilização a um nível industrial (quantidade disponível e custo associado) e com as propriedades determinadas no projeto de I&D anterior, com vista à otimização da performance em termos de respirabilidade e gestão de humidade;
  • Otimização tecnológica das soluções inovadoras com vista à implementação no âmbito do ciclo produtivo e majoração das propriedades de respirabilidade e gestão de humidade do material;
  • Implementação das soluções tecnológicas inovadoras e validadas do ponto de vista industrial e comercial no âmbito do ciclo produtivo da Empresa.

Pretende-se neste âmbito promover a otimização do sistema de pele artificial respirável e implementar as soluções tecnológicas no âmbito do ciclo produtivo da empresa para o desenvolvimento de demonstradores. Estes demonstradores serão validados do ponto de vista comercial, pela sua análise e caraterização segundo os requisitos existentes para esta tipologia de produtos e também para validação da sua performance em termos das propriedades inovadoras desejadas – respirabilidade e gestão de humidade.

2.3 Resultados alcançados

No âmbito do projeto têm sido realizados trabalhos de intervenção nas diferentes camadas que constituem o revestimento desenvolvido e comercializado pela TMG AUTOMOTIVE, de forma a obter uma solução com o maior grau de eficiência possível. Foi possível até ao momento o desenvolvimento de um material (validado do ponto de vista semi-industrial e comercial) com propriedades melhoradas em termos de gestão de humidade comparativamente aos sistemas convencionais de base PVC. Este material encontra-se a ser estudado de forma mais aprofundada com vista à otimização das propriedades de interesse, sem que haja prejuízo das propriedades standard da pele artificial para automóvel. Para isso, estão a ser desenvolvidos os demonstradores para avaliação em situação real de aplicação (assento automóvel) para validação.

3. Apoio do COMPETE 2020

3.1 Sistema de Incentivos

O projeto “Breathe2Seat - Pele artificial respirável para interior automóvel” teve início em janeiro de 2016 e tem uma duração de 18 meses.

Cofinanciado pelo COMPETE 2020 (Programa Operacional Competitividade e Internacionalização) no âmbito do Sistema de Incentivos à Investigação e Desenvolvimento Tecnológico, na vertente de co-promoção, este projeto teve um investimento elegível de 286 mil euros, correspondendo a um incentivo FEDER de 171 mil euros.

3.2 Consórcio

O sucesso do projeto será assegurado por um consórcio com valências complementares constituído pela empresa TMG AUTOMOTIVE, promotora líder do projeto, e pela entidade do Sistema de I&I, CeNTI – Centro de Nanotecnologia e Materiais Técnicos, Funcionais e Inteligentes, como co-promotor.

4. Links