Início arrow Menusfixos arrow InoCoP - Inovação e Melhoria da Performance no Cluster Automóvel
InoCoP - Inovação e Melhoria da Performance no Cluster Automóvel Imprimir E-mail

images/stories/inocop.gif 


Enquadramento do Cluster Automóvel em Portugal

Contribuindo com cerca de 7% do PIB; para 11% das exportações nacionais; sendo responsáveis por 18% do investimento directo estrangeiro, empregando directamente cerca de 40.000 trabalhadores (4% da indústria transformadora), as empresas fornecedoras do cluster automóvel, na sua maioria PMEs, posicionam-se nos níveis inferiores da cadeia de fornecedores, sendo "fabricantes de componentes" ou "fabricantes montadores", com níveis de produtividade baixos comparativamente com as suas congéneres europeias.

Por este motivo, as empresas de componentes ocupam posições de 2º e 3º nível na cadeia de valor, estando muito dependentes dos fornecedores de 1º nível.

A cooperação entre empresas dos vários sectores de actividade que constituem o cluster automóvel entre si e com instituições de formação e I&D constitui um vector fundamental no seu desenvolvimento e consolidação.

O desenvolvimento de actividades de I&D comuns permitiriam introduzir melhorias técnicas e aumentar a vocação para os produtos mais avançados de engenharia e de desenvolvimento, permitindo ao cluster automóvel ascender na cadeia de valor.


| Enquadramento | Objectivos | Destinatários | CdP | Parceria | Cooperação | Benefícios | Site INOCOP


images/stories/equal.jpg